Close
You have (0 items) in your Wishlist
No Items in Wishlist

To add items to your wishlist, simply click the "Add to Wishlist" link from any product page.

Don't see Wishlist items you've previously added? Create an account or login now on all devices to sync your Wishlist.

Additional Views

Mini-policial burlesco-ortográfico e de rutura

by PuroAcaso

Stationery Cards

DESCRIPTION

Set of folded stationery cards printed on bright white, smooth card stock to bring your personal artistic style to everyday correspondence. Each card is blank on the inside and includes a soft white, European fold envelope for mailing.

http://puroacaso.wordpress.com/2011/0...de-rutura/

O fato cor de quivi que o detetive levou à receção foi o objeto exato de uma coleção de ações de flart por parte dos espetadores um pouco exóticos daquela platéia. A turné do travésti, suspeito de estupro e venda de estupefacientes começara, mas o artista esquecera o sutiã e os colãns no tabliê do jipe, o que o fez voltar atrás, dando tempo ao tal do detetive, cuja missão era dar o flagra no criminoso, para mais um drinque e um respirar fundo. Não era para ele a passarela e aquele esmogue tornava-o mais ridículo que se fosse em toplesse. Sentiu a rutura do raciocínio. De fato, se fosse essa a demarche, passaria por mais um entre aquele deboche. Olhou a foto da vampe. Era tirada de um escâner, parecia ter um pírcing e uma tatuagem de um aligator, daquelas que podia sair com uma ducha. João Esperto fez a subtração dos artefatos, sentiu que não tinha proteção, o revólver ficara junto com o pulóver na pizaria. O travésti chegou de surpresa, apanhou-o desprevenido e nem lhe deu tempo nem para a oração e acabou ali com a matiné.
  • 2Promote